Educação Ambiental: Reduzir, Reutilizar e Reciclar

Lixo é basicamente todo e qualquer resíduo sólido proveniente das atividades humanas ou gerado pela natureza em aglomerações urbanas. No entanto, o conceito mais atual é o de que lixo é aquilo que ninguém quer ou que não tem valor comercial. Nesse caso, pouca coisa jogada fora pode ser chamada de lixo.

O que não podemos ignorar é que o lixo precisa ser devidamente separado e coletado, reaproveitado ou reciclado antes de ser descartado. Selecionar o lixo ajuda a diminuir a poluição do ar, solo e água, bem como reduz a necessidade de novas áreas para aterros sanitários. Tal atitude também ajuda a diminuir a proliferação de insetos e roedores, responsáveis pela transmissão de várias doenças. Os recursos naturais são poupados, pois o lixo separado é reciclado e transformado pelas indústrias em matéria-prima novamente, baixando assim os custos do produto final a ser consumido. Uma sociedade consciente e bem educada não gera lixo, e sim materiais para reciclar.

A Educação Ambiental é, segundo o Ministério do Meio Ambiente, “um processo permanente, no qual os indivíduos e a comunidade tomam consciência do seu ambiente e adquirem conhecimentos, valores, habilidades, experiências e determinação que os tornem aptos a agir – individual e coletivamente – e resolver os problemas ambientais presentes e futuros”. Nada mais procedente que iniciar, também na família, a aquisição dos conceitos básicos da educação ambiental.  

 REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR

São conceitos fundamentais para um bom gerenciamento dos Resíduos Sólidos, ou seja, do Lixo. São conceitos  que devem ser absorvidos, praticados e divulgados.

Podemos REDUZIR a geração do lixo consumindo menos e melhor, isto é, racionalizando o uso de materiais no nosso cotidiano.

 Como REDUZIR?

» Preferir produtos com embalagens retornáveis, recicláveis.

» Combater o desperdício de produtos e alimentos,     planejando bem as compras 

» Pegar carona sempre que possível.  

» Não deixar a torneira pingando, mantê-la fechada ao se barbear e escovar os dentes.

» Escrever em papel reciclado e imprimir o mínimo necessário. 

» Assinar jornais e revistas em conjunto com outras pessoas.

» Diminuir o tempo do banho.

» Utilizar a capacidade total da máquina de lavar e secar roupas.

» Acumular a maior quantidade de roupas possíveis, para passá-las.

» Evitar acender lâmpadas durante o dia.

» Utilizar lâmpadas fluorescentes compactas.

» Usar adequadamente o aparelho de ar-condicionado.

» Ao sair do ambiente, desligue a lâmpada, televisor e som.

» Preferir eletrodomésticos que possuam menor consumo de energia.

» Utilizar um mesmo copo durante o dia para o consumo de água.

 Podemos REUTILIZAR diversos produtos antes de descartar, usando-os para a função original ou criando novas formas de utilização.

 Como REUTILIZAR?

» Separar sacolas, sacos de papel, vidros, caixas de    ovos, papel de embrulho para reutilizar.

» Usar o verso das folhas de papel já utilizadas para rascunho.

» Conservar e consertar objetos ao invés de jogar fora.

» Doar ou vender tudo o que possa ser reaproveitado por outros,

» Não jogar no lixo aparelhos que podem ser vendidos ao “ferro velho” ou desmontados para o reaproveitamento de peças.

» Fazer a compostagem do lixo úmido (restos de comida).

» Reaproveitar embalagens e utensílios plásticos na cozinha.

» Confecção de artesanatos e outros produtos.           

 Podemos RECICLAR o lixo  quando o retornamos ao ciclo da produção, seja ele industrial, agrícola ou artesanal.

 Como RECICLAR?

» Fazer compostagem doméstica com seus restos de jardim e de cozinha.

» Separar materiais recicláveis para coleta seletiva conforme a padronização internacional de identificação por cores:

AZUL para papel

VERDE para vidro

AMARELO para metal

VERMELHO para plástico

 MATERIAIS NÃO RECICLÁVEIS:

– Lixo de banheiro

– Cerâmicas, pratos, vidros pirex e similares

– Trapos e roupas sujas

– Toco de cigarro

– Cinza e ciscos

– Acrílico

– Lâmpadas fluorescentes

– Papéis plastificados, metalizados ou parafinados

– Papel carbono e fotografias

– Fitas e etiquetas adesivas

– Copos descartáveis de papel

– Espelhos, vidros planos, cristais

 Observe abaixo, o quanto se poupa com a reciclagem:

 

Reciclado
Poupado
1000 Kg de papel    
20 árvores
1000 Kg de vidro     
1300 Kg de areia extraída
1000 Kg de plástico  
milhares de litros de petróleo
1000 Kg de alumínio
5000 Kg de minérios

 

TEMPO DE DECOMPOSIÇÃO DO LIXO:

 

Produto Tempo
Papel 2 a 4 semanas
Goma de mascar 5 anos
Estaca de madeira pintada 13 anos 
Plástico 450 anos 
Lata de alumínio 500 anos 
Vidro e pneus tempo indeterminado

 É no desenvolvimento de um programa de conscientização e mobilização comunitária que se iniciam os questionamentos de consumo, desperdício, acondicionamento de lixo e reciclagem. A reciclagem do lixo é, na verdade, o início de uma reciclagem de atitudes, valores e comportamentos. Este é o ponto principal: reciclar atitudes diante do dia a dia da vida, do mundo. É preciso repensar o modo de viver, consumir e produzir. Nesse aspecto, o processo de aprendizagem tem sido inverso: os adultos estão aprendendo com as crianças.

 Referências:

http://www.ecomarapendi.org.br/eco.htm

http://www.recicloteca.org.br/

http://www.naturallimp.com.br/

http://www.reciclaveis.com.br/

http://www.ambientebrasil.com.br/

Revista Neo Mondo, SP. Disponível em: http://neomondo.wordpress.com/revista-neo-mondo/

Programa Brasileiro de Reciclagem. Disponível em: http://www.revistasim.com.br

 Publicado na Revista nº 1 – 2009 – Escola de Pais – Seccional de Biguaçu 

Renato Bunn – Presidente da AMJE – Associação dos Moradores do Jardim Europa. Idealizador e coordenador do projeto Biguaçu – Educação Ambiental.

1 Comment on Educação Ambiental: Reduzir, Reutilizar e Reciclar

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*